edação para Marketing Digital

7 dicas para melhorar sua redação para Marketing Digital

Caso você seja uma daquelas pessoas que têm medo de uma profissão que desvalorize com o tempo, você pode ficar tranquilo: Redatores vão existir para todo o sempre. Isso porque a palavra tem um valor inigualável na comunicação e é ela quem muitas vezes potencializa o sentimento ao ser alinhada ao design.

Mas ok, como escrever algo que seja sentimental e ao mesmo tempo consiga converter o consumidor? Será que isso é um talento natural ou questão de prática? Bem, como todas as habilidades do mundo, é uma questão de estudo intenso na estrutura de um texto e seus objetivos, seja ele um e-mail marketing, SEO, texto para mídia social ou conteúdo.

Bons redatores são um dos tipos de profissionais de escrita mais bem pagos, isso porque sua habilidade é valorizada como única, já que a estrutura forma o pensamento do público-alvo em relação à marca ou produto, além de ter um tom de voz próprio para cada. Ser redator, em outras palavras, é como viver um personagem para cada canal de comunicação.

Ser apaixonado por escrever e produzir um conteúdo matador são coisas diferentes, ainda mais porque implicam uma grande jornada de estudo e conhecimento, incluindo o entendimento por Marketing de Conteúdo. Confira esses princípios que separamos para que você seja totalmente matador em sua escrita:

  1. O propósito é a venda, ainda que não seja

Talvez seja estranho quando você começar, mas a publicidade é feita para agir disfarçadamente: Isso significa que um profissional de Mídias Sociais, por exemplo, cria conteúdo atrativo para seduzir e interagir o público, ainda que sua real intenção seja converter.

Quando se cria um conteúdo atrativo e dinâmico, automaticamente cria-se valor agregado para marca ou produto, porque o consumidor entende que a marca está pronta para se corresponder e lhe dar importância.

Isso significa que você precisa demonstrar com cuidado os benefícios, criar confiança, laços e responder dúvidas que o público não sabia que tinha.

Desconsidere escrever qualquer tipo de texto que não traga uma resposta.

  1. Imagens formadas por palavras

Criar uma imagem através das palavras é uma das ferramentas mais poderosas de um copywriter. Isso porque é muito mais fácil lembrar de algo se você tem a imagem na cabeça! Quantas vezes você já leu um livro que o autor descreveu uma bebida quente, daquelas que aquece a ponta do nariz pelo vapor? É quase como se você conseguisse sentir o frio e a sensação, isso porque nosso cérebro é capaz de rodar cenas em nossa cabeça.

Que tal fazer seu público-alvo se imaginar usando seu produto ou serviço através do Marketing de Conteúdo?

  1. Laboratório de palavras

Imagine-se misturando tubos de ensaio com letrinhas dentro: Ser redator é quase uma ciência. Você pode e deve testar vários estilos de texto e ver qual deles funciona melhor para seu público.

Uma ideia é ter uma planilha onde você possa comparar os resultados do mesmo texto, usando linguagem e formatos diferentes. Isso é chamado de teste AB, quando você passa a mesma mensagem de diferentes formas e descobre qual funciona melhor, até mesmo cor da fonte e tamanho da fonte podem ser analisadas.

  1. Muito mais que headlines de impacto

Quando headlines (os famosos títulos e subtítulos) são entediantes, o consumidor não terá qualquer interesse em saber mais sobre seu conteúdo, já que o desejo não foi provocado. Além disso, elas também não podem se basear em ser apenas rimas fofinhas. Você deve se preocupar em mostrar os benefícios do produto ou serviço para seu público, não só como você é habilidoso com palavras.

Atualmente o público entende que mesmo quando sutil, a publicidade é feita para vender, por isso o sentimento de medo de ser enganado existe. Tome cuidado para ser direto e sincero sobre o que você está oferecendo e esqueça a ideia de criar promoções que tem asteriscos indicando que existem condições que a viabilizam.

Crie um relacionamento e confiança em vez de apenas números altos de alcance.

  1. Adeus ao texto curto

Existe uma ideia de que o texto deve ser extremamente curto. Ok, você deve saber que no Facebook, por exemplo, imagens com muito texto não tem uma boa performance em alcance. Porém, a história para descrição é outra: imagine que você já chamou atenção do leitor com uma redação incrível na imagem e agora tem a chance de terminar de seduzi-lo com a descrição… Por que usar apenas um texto curto se o objetivo for maior?

Pense que, seu texto sendo interessante, será lido.

  1. Alinhe a qualidade do texto ao marketing

Um texto absurdo de incrível morre sem dó caso o marketing da sua empresa não seja bom. Imagine criar um e-mail marketing ou para mídias sociais que seja um ímã para consumidores, porém quando eles entram em contato com a sua marca, ficam decepcionados com a eficácia do marketing.

Aqui vão algumas dicas para evitar esse tipo de reação:

  • Ofereça conteúdo gratuito, os famosos freebies! Você pode enviar e-books, guias, teste de avaliação através do e-mail marketing.
  • Só profissionais de marketing gostam de marketing. Não escreva conteúdos que se parecem com anúncios.
  • Atraia o público certo e tenha certeza que o marketing está pronto para criar um relacionamento com ele após.
  • Desenvolva seu SEO e não escreva para o Google, e sim para as pessoas. Do que adiantaria estar em primeiro nos mecanismos de busca e seu conteúdo não entregar o prometido?
  • Escreva para atrair e depois, converta. É muito mais fácil quando seu público torna-se fã e então, vem a adquirir seu produto.
  1. Não venda para o público em geral, mas para a Fabiana

Fabiana é a persona para o nosso exemplo. É muito mais fácil desenvolver um conteúdo se você monta o perfil da pessoa que o comprará. Através da ajuda do seu time de Marketing, vocês podem desenvolver um perfil de consumidor alvo e escrever o conteúdo diretamente para pessoas como ela.

Vamos supor que você trabalhe em uma agência de viagens e criar um persona:

Fabiana é formada na faculdade, porém está com dificuldades de encontrar um emprego que a remunere de acordo. Por isso, ela busca outras oportunidades que possam lhe ajudar nisso. Dessa forma, ela será bem remunerada, usando o dinheiro extra para viajar como sempre sonhou.

Agora você já entendeu que a Fabiana tem dificuldades para pagar pelas viagens devido a sua remuneração. O que sua agência de viagens fictícia poderia fazer é criar mais formas de pagamento para pessoas como ela e anunciar essas facilidades com um texto convidativo. Assim, ficaria muito mais fácil pra Fabiana viajar mesmo com pouco se ela se planejar por mais tempo.

Moral da história:

Escreva redação com cuidado e com objetivo. Pense no que você quer escrever e como passar a mensagem. Textos são feitos para criar uma atmosfera de aproximação com o seu público-alvo e criar um relacionamento que possa ajudar sua marca.

A ideia não é ganhar prêmios em tudo que você escrever, mas fazer que sua redação seja útil e alinhada com o objetivo de sua marca.

Agora é sua vez de começar a criar textos incríveis e completamente eficazes: Conte com a Next U para aprender tudo sobre Marketing Digital, Mídias Sociais, Marketing de Conteúdo e ati nja seus objetivos.

Confira as médias salarial em Marketing Digital

Você já ouviu falar da lei da oferta e da procura no Marketing? A parte interessante é que essa mesma lei se aplica no salário de seus profissionais! Caso você ainda não conheça sobre o assunto, “oferta” se refere a quantidade do produto ou serviço que está sendo oferecido. Já a procura, está em relação…

Leer Mas »

Que habilidades um profissional de Marketing Digital deve ter?

Em toda a história, vivemos o momento mais incrível para ser um profissional de Marketing Digital: Novas tecnologias surgem todos os dias, sejam elas novos facilitadores de rotina em forma de um aplicativo, ou uma nova ferramenta no Instagram que pode parecer pouca coisa, mas é capaz de tornar a comunicação online ainda mais personalizada.…

Leer Mas »